Filmes que valem IV

Oldboy

Oldboy

“Oldboy” é um filme impossível de se definir em uma única frase. O filme consegue unir em 119 minutos, questões como vingança, amor, ultra-violência, o tempo, a crise da vida moderna, a hipnose e obstinação, tudo isso envolto a tabus sexuais.

Baseado em um “mangá” (tradicional história em quadrinhos japonesa), publicado em nove volumes, em 1997, e vencedor do Grande Prêmio do Júri em Cannes, “Oldboy” é o segundo capítulo da “Trilogia da Vingança”, do diretor Chan Wook Park (o primeiro é “Simpatia pelo Sr.Vingança”).

A história começa quando o personagem Oh Dae-su é seqüestrado e confinado numa prisão particular, sem que lhe seja dada justificativa alguma sobre o ato…

A clausura se estende por nada menos do que 15 anos, durante os quais, o personagem fica sozinho, num quarto com banheiro, tendo apenas uma TV para lhe manter em contato com as mudanças no mundo exterior. O quarto é impregnado regularmente por um gás sonífero, que precede a entrada dos seqüestradores, que assim limpam o local, cortam-lhe o cabelo ou costuram seus constantes ferimentos, sem que o prisioneiro troque quaisquer palavras com outros humanos. Sua única companhia é a TV.

Depois da libertação, Dae-su concentra-se exclusivamente na vingança. Quer descobrir quem o prendeu e o porquê. Mas a tarefa não é fácil; tem de se adaptar a 15 anos de “solitária” e ainda por cima é suspeito de um homicídio cometido durante o cativeiro. Mi-do, uma cozinheira de sushi de mãos frias vai ajudá-lo a procurar uma resposta para a pergunta que não lhe sai da mente: por que?

Trailer

Filme (torrent)

Legenda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: